Bem vindo, visitante!   Registar   Login

Publicar um anúncio

Robô embala 4.000 pepinos por hora

    Hortifruti    16 horas atrás

Os robôs estão marchando na horticultura. Com o trabalho tornando-se não só mais e mais caro e também cada vez mais difícil de encontrar, com certeza tornou-se um fator incerto na indústria hortícola. Os robôs podem oferecer uma solução para isso.

Uma das empresas que trabalham ativamente nisso é J. e P. Crienen, cultivando pepinos no sul da Holanda. A empresa de 5 hectares é um precursor da indústria: foram os primeiros a cultivar no fitilho utilizando luzes artificiais. Depois automatizaram a classificação dos pepinos, agora eles queriam automatizar a embalagem.

“O robô está funcionando há cerca de seis meses e as coisas estão indo bem. O robô pode, efetivamente, processar 4.000 pepinos por hora ”, mostra Kees van Dam, da Koat, empresa fabricante do robô.  “Ao mesmo tempo posiciona, embala e executa várias outras tarefas. O robô é compacto e é montado acima da linha existente. A linha inteira, portanto, permaneceu completamente intacta “.

Com o primeiro robô funcionando sem problemas por seis meses, os produtores J. e P. Crienen decidiram pedir um segundo – e não estão sozinhos. Vários outros produtores devem implementar a solução.

Fonte: koat.nl

8 visualizações, 2 hoje

Tecnologia fornece necessidade de irrigação e previsão de doenças para fazendeiros

    Hortifruti    16/02/2019

A startup Agroop, empresa localizada em Portugal, criou uma solução tecnologica para monitorar as lavouras através de um sensor chamado “stoock” que fica instalado no campo. Este sensor coleta informações como radiação solar, umidade e temperatura do ar, umidade e temperatura do solo e as envia para um aplicativo.

Estas informações são processadas pelo aplicativo e os resultados como necessidade de irrigação, previsão sobre o risco de pragas e doenças e até recomendação sobre o tratamento são informadas para o usuário através do smartphone, tablet ou computador.

Segundo a empresa, “o sensor stoock é um equipamento que trabalha 24 horas por dia, sete dias por semana. Fácil de instalar, energeticamente autônomo e de baixa manutenção. ”

A empresa cobra pelo serviço cerca de 200 € / ano pelo aplicativo (software) mais o preço do sensor (hardware) a ser cotado diretamente.

Por Breno Alves

248 visualizações, 1 hoje

Sistema agrotérmico para controle de pragas e doenças

    Hortifruti    13/02/2019

A empresa americana Agrothermal Systems, localizada na Califórnia, desenvolveu uma nova máquina para termacultura, que é o controle de pragas e doenças através do calor. A nova máquina, chamada XR1, têm configurações para ser utilizada em culturas verticais como a cana de açúcar, ervas e legumes com estacas. Também pode ser usada para vinhas com larguras de linha de 1,4 metros até 1,8 metros. A mesma máquina com uma mudança de ventilação pode ser utilizada para muitas culturas, como cebolas, morangos, folhas verdes, aipo e batatas. Estas são algumas das culturas que podem usar a termacultura para reduzir ou eliminar a necessidade de defensivos por uma fração do custo.

A nova máquina queima propano para criar calor a uma taxa de aproximadamente 4 galões por hora a custos de US $ 6-8 por hora de uso. Temos 10 horas de trabalho contínuo para cada refil de propano. Esse custo por hectare funciona com cerca de US$ 1,20 a US$ 1,60 por tratamento, o que é muito menos do que um tratamento fungicida ou inseticida típico acima de US$ 16 por hectare por tratamento, ou mais. A termacultura também elimina a necessidade de materiais perigosos, respiradores e limpeza complexa no final do dia. É só desligar a válvula de gás e ir para casa.

Depois de dois anos de ensaios replicados em tomates indústria de campo aberto na Califórnia, Tom Martin-Duvall da Caltec Ag conclui: “O calor fará um trabalho de controle de insetos tão bom quanto os tratamentos padrão para o controle da mosca-branca e do tripes. No caso de uma explosão populacional, os tratamentos térmicos podem reduzir a população melhor do que o padrão do produtor ao longo do tempo.”

A Agrothermal Systems é pioneira no uso de tratamentos térmicos na agricultura como um meio de aumentar a produção, melhorar a qualidade das frutas e vegetais, reduzir as necessidades de pesticidas e administrar os desafios climáticos, como secar as colheitas depois das chuvas.

Fonte: Agrothermal Systems

211 visualizações, 1 hoje

Nova tecnologia utiliza sensores para detecção de patógenos no solo

    Hortifruti    11/02/2019

A ameaça biológica de patógenos é responsável por uma perda de 16% na produção global de alimentos, e o problema tende a piorar.  Alguns exemplos de patógenos economicamente significativos incluem Fusarium oxysporum (fusarium wilt), Botrytis cinerea (podridão de botrytis e mofo cinzento), Pythium spp. (podridão da raiz, amortecimento) e Phytophthora spp. (ferrugem da batata, podridão da coroa, podridão da raiz, etc.).

A startup britânica Fungialert, desenvolveu o sensor de detecção de patógenos de solo, o SporSenZ. O sensor detecta apenas microorganismos em crescimento ativo, o que dá uma representação real da comunidade microbiana dentro de um campo ou dentro de um sistema em crescimento.

Como funciona?

1) Depois de receber os sensores SporSenZ, basta inserir os sensores no ponto de amostragem de interesse.

2) Quando os microorganismos forem detectados, um alerta informará quando enviar os sensores de volta a um laboratório FungiAlert.

3) Uma vez recebidos em nosso laboratório, nossos especialistas em análise de saúde do solo retornarão seus resultados dentro de 2 a 3 dias úteis.

Ao contrário de outros serviços de análise de saúde do solo, os produtos detectam apenas microrganismos vivos e de crescimento ativo no campo. Portanto, os usuários podem realmente entender as pressões da doença no solo a qualquer momento, a uma fração do custo e do tempo de qualquer concorrente.

Fonte: fungialert.com

246 visualizações, 1 hoje

Câmara fria movida a energia solar para fazendeiros

    Hortifruti    10/02/2019

PROLONGA A VIDA DE PRATELEIRA DE ALIMENTOS PERECÍVEIS DE 2 PARA 21 DIAS

A inovação ColdHubs, é uma câmara fria “plug and play” modular, movida a energia solar, para armazenamento 24/7 fora da rede elétrica para preservação de alimentos perecíveis. Aborda adequadamente o problema das perdas pós-colheita em frutas, verduras e outros alimentos perecíveis. Os ColdHubs podem ser instalados nos principais centros de produção e consumo de alimentos (em mercados e fazendas). Os agricultores colocam seus produtos em caixas de plástico limpas, essas caixas de plástico são empilhadas dentro da câmara fria. Isso amplia o frescor das frutas, legumes e outros alimentos perecíveis de 2 dias para cerca de 21 dias. A câmara fria com alimentação solar é feita de painéis isolantes frios de 120mm para reter o frio. A energia dos painéis solares montados no telhado da câmara fria é armazenada em baterias de alta capacidade, estas baterias alimentam um inversor que, por sua vez, alimenta a unidade de refrigeração.

MODELO FLEXÍVEL DE PAGAMENTO CONFORME O USO

A Coldhubs oferece aos agricultores um modelo de assinatura flexível de pagamento conforme a utilização. Na preparação para o armazenamento, os agricultores transferem seus alimentos perecíveis para nossas caixas reutilizáveis, que se encaixam perfeitamente nas prateleiras. Os agricultores pagam uma taxa fixa diária por cada caixa de alimentos que armazenam. 

Fonte: coldhubs.com

404 visualizações, 1 hoje

Conheça a colhedora robótica de maçãs

    Hortifruti    07/02/2019

Em 2016, mais de 7 milhões de toneladas de maçãs frescas foram retiradas de árvores em todo os EUA. 100% dessas frutas foram colhidas manualmente, principalmente por trabalhadores sazonais. Estes trabalhadores tornam-se cada vez mais escassos, à medida que os antigos catadores se aposentam, os jovens não querem trabalhar na agricultura, e os trabalhadores estrangeiros são limitados em número ou totalmente proibidos de entrar, e em qualquer caso exigem treinamento extensivo, com custos de alimentos e transportes.

A solução de colheita de frutas frescas da FFRobotics combina controles robóticos precisos, porém simples, processamento rápido e preciso de imagens e algoritmos avançados para selecionar e distinguir produtos utilizáveis ​​e frutas danificadas, doentes e verdes. A colhedeira será facilmente modificada para escolher diferentes tipos de frutas frescas, tornando-a útil em várias épocas de colheita.

Possui um software avançado para identificação e classificação de frutos para colheita de acordo com os critérios pré-estabelecidos pelo fazendeiro. Produtividade aprimorada: colheita de frutas premium 10 vezes mais produtiva e mais rápida em comparação ao colhedor humano médio.  Fornece dados das frutas colhidas por árvore, acre e pomar.

Fonte: ffrobotics.com

181 visualizações, 1 hoje

Empresa Belga é a primeira a comercializar robô para colher morangos

    Hortifruti    06/02/2019

Após 5 anos de desenvolvimento, é a primeira empresa do mundo a comercializar essa inovação. O lançamento é crucial para o setor.

Um robô que navega pelos morangos, detectando os maduros, pegando sem machuca-los e colocando-os em sua caixa. Parece futurista, mas é possível a partir de hoje graças ao Rubion, o robô de colheita de morangos. Esta inovação belga não é apenas uma resposta à escassez de mão-de-obra no setor, permite aos produtores aumentar a qualidade de seus produtos – o que, no final, beneficia o consumidor.

“Graças à robótica, temos tantas possibilidades, muito mais do que um ser humano poderia fazer. Prever a colheita, escolhendo de acordo com as necessidades do mercado, simplesmente escolhendo quando as frutas estão maduras, em vez de quando os trabalhadores estão disponíveis – estes são apenas alguns exemplos do que é possível a partir de hoje para um produtor”, diz Tom Coen, CEO da Octinion Technology. Grupo. “O consumidor também notará a diferença, pois os morangos serão mais frescos e mostrarão menos hematomas.”

Apresentando robôs em um setor onde quase tudo é feito à mão, isso é mais uma revolução do que uma evolução. Ele exige uma colaboração estreita com todas as partes interessadas. Tom Coen: “não só temos trabalhado em conjunto com produtores e centros de testes em todo o mundo nos últimos dois anos, mas os pesquisadores também estão interessados ​​em fazer parte dos desenvolvimentos tecnológicos. Sistemas e variedades em crescimento se adaptarão ao que é mais ideal para um robô. Teremos um robô dirigindo pelo Dutch Fresh Forward Breeding e colaborando com outros pesquisadores para moldar o futuro do setor. Nossa porta está aberta para pesquisadores adicionais.”

Fonte: octinion.com

235 visualizações, 0 hoje

Conheça o primeiro robô do mundo que serve saladas personalizadas

    Hortifruti    31/01/2019

“Robôs eliminam tarefas repetitivas e permitem mais tempo para os humanos serem criativos. Levar comida fresca para lugares onde não existiria é a nossa especialidade. “

“Sally, nosso robô de estreia, serve saladas personalizáveis, feitas sob encomenda, lanches, tigelas de café da manhã e tigelas de grãos em uma elegante pegada.”

O robô serve de 50 a 100 refeições antes de reabastecer, possui tela sensível ao toque com opção de leitor de cartão, prepara uma refeição de 8 componentes ou lanche em menos de um minuto e é fácil de limpar.

A tecnologia ajudará a reduzir o risco de doenças transmitidas por alimentos, garantindo que os ingredientes sejam mantidos higienizados e separados. Os ingredientes serão regularmente reabastecidos e contidos no robô, reduzindo bastante o risco de contaminação.

Fonte: chowbotics.com

113 visualizações, 0 hoje

Nova tecnologia de embalagem: 100% de papel e 100% reciclável

    Hortifruti    30/01/2019

Milhares de embalagens plásticas são vendidas diariamente. O lixo plástico está se tornando um problema maior a cada dia, e os consumidores estão se conscientizando de seu uso e procurando alternativas recicláveis ​​ou comprando produtos sem embalagem.

“Aqui na empresa JASA, consideramos a inovação altamente importante. É por isso que desenvolvemos uma nova tecnologia revolucionária para nossas máquinas de embalagem vertical:  É 100% de papel, sem revestimento de plástico, as embalagens podem ser fechadas sem selar e são 100% recicláveis. Isso faz do Bag-2-Paper ™ uma revolução para embalagens sustentáveis.”

“Nossa inovadora máquina de embalagem vertical pode ser usada para embalar de forma sustentável seus produtos secos, como batatas, cebolas, alho, cebolinha, nozes, sementes e bulbos de flores. Pela forma vertical de embalagem, seus produtos são embalados incrivelmente rápido.”

Fonte: jasa.nl

117 visualizações, 0 hoje

Aplicativo mensura qualidade de frutas e vegetais para comercialização

    Hortifruti    28/01/2019

O aplicativo móvel ClariFruit monitora e analisa a qualidade e a maturação dos frutos. Ele oferece um método científico para classificar os produtos agrícolas e permite a coleta de dados para determinar a qualidade e o valor dos frutos.

A ClariFruit mudará drasticamente a forma como os agricultores tomam suas decisões mais cruciais e revolucionam o mercado global de frutas, evitando a perda maciça de produtos e tornando-os acessíveis a populações maiores e mais amplas.

Com o aplicativo ClariFruit, medir a qualidade dos frutos é tão simples quanto tirar uma foto:

  1. O usuário digitaliza a fruta (ou um grupo de frutas) com câmera embutida no telefone e com sensor molecular SCiO portátil (ou espectrômetro)
  2. Um grande conjunto de medidas sobre a fruta e o meio ambiente é capturado . Isso inclui o BRIX da fruta, firmeza, peso seco, cor, tamanho, manchas, variante e muito mais, assim como a localização do GPS, as condições meteorológicas e o tempo de amostragem.
  3. Opcionalmente, o usuário pode registrar uma opinião pessoal sobre a qualidade da fruta
  4. As medições são carregadas imediatamente para a nuvem e são processadas instantaneamente por um algoritmo inovador e personalizado do BigData
  5. algoritmo compara todas as medições a dezenas de milhares de amostras existentes de frutos previamente inspecionados
  6. O algoritmo incorpora feedback de vários usuários e especialistas previamente gravado e dados científicos com técnicas sofisticadas de aprendizado de máquina para produzir notas claras e simples para a qualidade, a frescor e a maturação da fruta digitalizada
  7. As notas de frutas estão disponíveis para o usuário em uma fração de segundo, graças aos métodos inteligentes de processamento e otimização de dados aplicados na nuvem.

Todos os dados de amostragem, bem como uma enorme quantidade de informações e relatórios estatísticos adicionais, estão disponíveis on-line para análise pós-amostragem e pós-produção.

Fonte: clarifruit.com

452 visualizações, 0 hoje

Página 1 de 131 2 3 13
  • Aplicativo mensura qualidade de frutas e vegetais para comercialização

    por em 28/01/2019 - 0 Comentários

    O aplicativo móvel ClariFruit monitora e analisa a qualidade e a maturação dos frutos. Ele oferece um método científico para classificar os produtos agrícolas e permite a coleta de dados para determinar a qualidade e o valor dos frutos. A ClariFruit mudará drasticamente a forma como os agricultores tomam suas decisões mais cruciais e revolucionam o […]

  • Aplicativo de doenças de plantas com inteligência artificial

    por em 27/12/2018 - 0 Comentários

    Cientistas da Universidade Estadual da Pensilvânia desenvolveram um aplicativo para dispositivos móveis que ajuda agricultores e outras pessoas a diagnosticar doenças nas plantações e que ganhou reconhecimento do google, um dos gigantes mundiais da tecnologia. PlantVillage , criado por um grupo dirigido por David Hughes, professor de entomologia e ciência, foi o tema de um vídeo de destaque exibido no […]

  • Câmara fria movida a energia solar para fazendeiros

    por em 10/02/2019 - 0 Comentários

    PROLONGA A VIDA DE PRATELEIRA DE ALIMENTOS PERECÍVEIS DE 2 PARA 21 DIAS A inovação ColdHubs, é uma câmara fria “plug and play” modular, movida a energia solar, para armazenamento 24/7 fora da rede elétrica para preservação de alimentos perecíveis. Aborda adequadamente o problema das perdas pós-colheita em frutas, verduras e outros alimentos perecíveis. Os ColdHubs podem […]

  • Maçã negra rara cultivada somente no Tibet

    por em 26/12/2018 - 0 Comentários

    As maçãs são geralmente vermelhas, verdes, amarelas ou uma combinação das três, mas se as condições geográficas certas forem atendidas, elas podem aparentemente crescer roxo escuro, quase preto também. Estas maçãs raras são chamadas de Black Diamond e atualmente são cultivadas apenas nas montanhas do Tibete. As maçãs Black Diamond são uma raça de maçãs Hua […]

  • Robô Australiano autônomo para controle de ervas daninhas

    por em 04/12/2018 - 2 Comentários

    “A produção agrícola Australiana está aumentando para atender às demandas alimentares de uma população global crescente.  Para maximizar nosso potencial agrícola, precisamos buscar métodos agrícolas não tradicionais e assistidos por tecnologia. Os agricultores estão procurando formas mais eficientes de fornecer produtos de qualidade, assegurando a sustentabilidade de longo prazo em um setor globalmente competitivo.” “O AgBot II […]

Receba nossas notícias por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil